Contribuições da acupuntura no tratamento do câncer

13/05/2018

Contribuições da acupuntura no tratamento do câncer

Estão cada dia mais presentes as técnicas de acupuntura no tratamento do câncer. A acupuntura é um dos métodos da Medicina Tradicional Chinesa (MTC), que utiliza como ferramenta agulhas metálicas que são aplicadas na pele dos pacientes, em pontos estratégicos. Seu objetivo principal é melhorar a função dos órgãos, vísceras, glândulas, diminuir ou eliminar a dor e trazer equilíbrio nas emoções das pessoas.

A acupuntura foi descrita pelos chineses há 5 mil anos e ficou, por muito tempo, esquecida devido à dificuldade de compreensão da escrita chinesa e do entendimento do seu mecanismo de ação. Mas o fato de a acupuntura ter apresentado um grande desempenho no alívio da dor aguda e da dor crônica fez com que ela não ficasse esquecida para sempre.

Benefícios da acupuntura no tratamento do câncer

A acupuntura pode auxiliar muito no tratamento de um paciente acometido pelo câncer. Estudos mais recentes têm comprovado que a técnica pode ajudar a modular o sistema imunológico.

A acupuntura tem demonstrado eficiência no tratamento de pacientes com câncer para:

  • diminuir ou acabar com a dor;
  • diminuir ou acabar com os efeitos colaterais indesejáveis da quimioterapia, como a desidratação e os distúrbios hidroeletrolíticos;
  • diminuir o linfedema;
  • melhorar a imunidade;
  • melhorar a disposição e o ânimo;
  • aumentar os níveis de hormônios que provocam bem-estar.

A proposta de utilizar a acupuntura no tratamento do paciente com neoplasia maligna é de servir como um complemento ao tratamento convencional para aliviar dores pós-operatórias, pós-quimioterápicas e pós-radioterápicas.

A Acupuntura é, também, importante no tratamento de náuseas e vômitos, muito comuns em pacientes sob tratamento por quimioterapia. Estes sintomas muitas vezes podem ser piores do que a própria doença. Um estudo realizado pela Universidade de Los Angeles (UCLA) encontrou uma redução significativa do mal-estar, náuseas e vômitos em pacientes pré-tratados com acupuntura antes de se submeterem à quimioterapia. Hoje, a técnica é, rotineiramente, administrada antes, depois, e entre as sessões de tratamento com quimioterapia.

Ensaios clínicos também realizados na UCLA demonstraram uma eficácia da acupuntura no auxílio de outros sintomas do tratamento oncológico, como:

Fadiga (cansaço)

A fadiga é considerada a queixa mais frequente entre os pacientes em tratamento oncológico, e para a qual mais faltam opções no tratamento convencional. O paciente sente-se exaurido física e mentalmente, sem obter melhora com o repouso. Essa condição se deve ao próprio câncer, ou ao seu tratamento.

Xerostomia (boca seca)

Estudos apontam que o paciente se sente melhor após a sessão de acupuntura para a xerostomia induzida pela radioterapia. Alguns pacientes também notam melhora no seu fluxo salivar.

Como se utiliza a acupuntura no tratamento do câncer

A utilização da acupuntura no tratamento do câncer é relativamente simples e de fácil execução, sendo realizada em ambiente ambulatorial. A técnica já é reconhecida como uma ferramenta poderosa para o controle da dor, em geral.

No entanto, ainda é menos conhecido o seu uso com sucesso em dores oncológicas e na redução do uso de medicamentos concomitantemente, minimizando os seus efeitos colaterais comuns, como perturbação de atividade mental, mudanças de comportamento e prisões de ventre, e com melhora significativa na qualidade de vida dos pacientes em tratamento oncológico.