Como escolher seu oncologista

04/03/2018

Como escolher seu oncologista

No momento de escolher um médico oncologista, é muito importante considerar alguns aspectos, como a experiência e a reputação do profissional. O oncologista é o médico especializado no diagnóstico e acompanhamento do câncer, sobretudo para prescrever tratamentos de quimioterapia, hormonioterapia e imunoterapia. É ele quem identifica as necessidades de cada paciente. Além disso, os encaminha para realizar procedimentos específicos com outros especialistas, como o cirurgião oncológico e o radioterapeuta.

O oncologista está envolvido em todas as etapas do tratamento do câncer, desde o diagnóstico até a cura ou, em casos avançados, a condução de medidas paliativas para aumentar o tempo e a qualidade de vida do paciente.

Quesitos importantes para escolher um médico oncologista

Experiência e Reputação

Embora muitos oncologistas tratem todos os tipos de câncer, alguns se especializam em determinada variedade da doença. Encontrar um oncologista experiente no tipo de câncer diagnosticado pode oferecer maior tranquilidade ao paciente.

Em se tratando de reputação, é importante procurar referências de outros pacientes que já tenham se tratado com o profissional, para analisar a sua postura e conduta durante o tratamento.

Disponibilidade do oncologista e da sua equipe

Após o diagnóstico, deve-se marcar rapidamente uma consulta para discutir as opções de tratamento oncológico. Ao se optar por um médico, é preciso levar em conta em quanto tempo é possível agendar uma consulta com ele e se há, juntamente, uma equipe qualificada para apoiar o paciente nas suas necessidades quando o oncologista estiver indisponível.

Comunicação

É fundamental que os pacientes se sintam confortáveis com o seu oncologista. Os profissionais devem ser capazes de discutir um amplo leque de temas. E, durante o tratamento, oferecer aos pacientes todas as informações importantes. Escolher um profissional que atenda a todas as preocupações faz com que o processo do tratamento seja claro, sem causar frustrações.

Tratamentos e serviços

Os tratamentos do câncer, geralmente, exigem diversos serviços, como:

  • diagnóstico por imagem;
  • quimioterapia;
  • radioterapia;
  • apoio psicológico;
  • orientações técnicas para o paciente e a sua família.

Um oncologista cuja clínica oncológica oferece a maior parte dos serviços necessários, pode garantir um tratamento mais acessível.

Localização

É bastante normal que o tratamento do câncer demande muitos compromissos com o oncologista. Selecionar um profissional que atende em um local perto de casa, do trabalho, ou que se situe em grandes centros, melhorando a facilidade de acesso, permite que o paciente e os seus familiares reduzam o impacto das mudanças em seu cotidiano.

Hospital

Caso durante o tratamento seja necessário uma internação, busque o hospital de preferência do seu médico para analisar se ele oferece qualidade e as necessidades básicas, como, por exemplo, espaço confortável para a família e acesso facilitado.

O objetivo primordial do oncologista é a cura do paciente

Em todos os casos de câncer, sem exceções, o tratamento oferecido pelo oncologista deve ser o melhor possível. Caso a cura não seja viável, há um segundo objetivo. Uma satisfatória remissão da doença, com a redução dos efeitos do câncer e das internações. Quando a chance de remissão é remota, a meta passa a ser controlar a doença e os seus sintomas com o uso adequado de terapias paliativas, melhorando a qualidade de vida do paciente.

Dê atenção às participações em estudos clínicos

Os estudos clínicos realizados por um oncologista qualificado podem oferecer aos pacientes acesso a terapias que ainda estão em desenvolvimento. Escolher um médico que participa dessas análises pode garantir mais opções de tratamento.