Como é a primeira consulta com o médico oncologista?

31/07/2018

Como é a primeira consulta com o médico oncologista?

Após receber o diagnóstico do câncer, é preciso ter a primeira consulta com o médico oncologista. Esse especialista, além de ser um profissional qualificado, deve ser sensível o bastante para ajudar, no que for preciso. Mas você sabe como fazer a escolha do profissional?

Requisitos para escolher o médico oncologista ideal

O médico oncologista é aquele especializado no tratamento do câncer. É responsável por prescrever os tratamentos mais indicados. Assim, no momento de escolher o especialista, é fundamental que o paciente observe os seguintes requisitos do médico.

Verifique a disponibilidade

Ao iniciar um tratamento oncológico, é fundamental verificar a disponibilidade do médico. Isso pode ser facilmente observado na primeira consulta para discutir as possibilidades de tratamento. Ao selecionar o especialista, é necessário observar o tempo que leva para agendar uma consulta com ele, sendo possível prever a sua respectiva disponibilidade no decorrer no tratamento.

Escolha cuidadosamente o espaço para se tratar

É importante que a clínica que o profissional escolhido atenda, tenha um bom estacionamento e acesso condizente com possíveis necessidades requeridas pelo paciente, como o uso de andador e cadeiras de rodas, por exemplo.É importante também que a estrutura da clínica seja toda planejada para segurança e conforto dos pacientes e acompanhantes.

Estabeleça uma comunicação estreita

Um dos pré-requisitos mais importantes no acompanhamento do tratamento oncológico é a sensação de bem-estar que o paciente deve estabelecer com o especialista que irá tratá-lo. É importante que o paciente sinta-se confortável e à vontade para discutir qualquer assunto com o médico.

Inclua serviços para o tratamento

É importante verificar se os serviços requeridos pelo tipo de câncer estará disponível pela em locais próximos a clínica, tais como:  Diagnóstico por imagem, laboratórios, radioterapia e apoio psicológico para o paciente e a família, por exemplo, devem ser priorizados.

Você sabe o que perguntar ao médico oncologista na primeira consulta?

Ao se preparar para a primeira consulta com o médico oncologista, é importante verificar seu currículo e experiências, assim como indicações prévias do profissional. É importante sentir-se à vontade o suficiente para fazer qualquer pergunta que haja dúvida. Algumas sugestões para questionar o especialista sobre o tumor em questão são:

  • Esse tumor é maligno ou benigno?
  • Caso seja maligno, qual o tipo de tumor?
  • Qual o prognóstico (chance de cura, sobrevida e risco de óbito)?
  • Qual o estadiamento (onde está localizado)?
  • Como dizer aos meus amigos e familiares sobre a doença?
  • Quais tratamentos são mais indicados para a minha situação?
  • Existem riscos ou efeitos colaterais do tratamento escolhido?
  • Qual sua experiência nesse tipo de tratamento?
  • Quando poderei retornar às minhas atividades cotidianas?
  • Qual a frequência terei de voltar para avaliações?

O diagnóstico do câncer pode ser bastante difícil para o paciente. No entanto, é muito importante esclarecer que, hoje em dia, os tratamentos estão cada vez mais dispostos para a melhoria e bem-estar do paciente, no sentido de reparar a doença da melhor maneira possível.

Além disso, o acompanhamento psicológico é de extrema valia no prognóstico positivo. Por isso, o primeiro passo importante verificar se a clínica escolhida tem psicólogos para acompanhamento durante o tratamento.