O que é quimioterapia?

02/08/2016

O que é quimioterapia?

A quimioterapia é um dos tratamentos para o câncer mais conhecidos pela população. Tanto, que quando uma pessoa é diagnosticada com câncer, uma das primeiras perguntas que surge é: será preciso fazer quimioterapia.

Geralmente a resposta vem precedida de uma explicação sobre o que é quimioterapia. Em geral, é um tratamento feito um único medicamento ou a combinação de vários deles. As substâncias usadas agem na estrutura das células tumorais, matando-as ou inibindo sua multiplicação.

A quimioterapia pode ser administrada via endovenosa (na veia); via intramuscular (no músculo); via oral (pela boca); subcutânea (embaixo da pele); etc.  Os remédios se misturam com o sangue e são levados a todas as partes do corpo para eliminar as células cancerígenas e, também, impedir que elas atinjam outras partes do organismo.

Os medicamentos utilizados e a duração do tratamento variam, assim como a periodicidade que pode ser diária, semanal, quinzenal ou mensal. Em alguns casos, é realizada juntamente com outros tipos de tratamento, como cirurgia e radioterapia.

Não existe uma regra única que determine quando e como a quimioterapia deve ser utilizada no tratamento de uma neoplasia. Pode ser aplicada tanto antes ou depois da cirurgia de retirada do câncer quanto isoladamente, por exemplo.

Saber o tipo de tumor, o estágio da doença e o risco que representa para o organismo é essencial para o cancerologista definir se a quimioterapia é o tratamento indicado para o paciente com câncer.

O que é quimioterapia e para que serve

Os quimioterápicos servem para reduzir o tumor, controlar a doença para atenuar os sintomas, melhorar a qualidade e aumentar a expectativa de vida de quem está em tratamento. Por outro lado, também podem causar algum desconforto. No homem que está tratando um câncer de próstata, por exemplo, a quimio pode causar náuseas e vômitos, diarreia, infecções (ocasionadas pelo enfraquecimento do sistema imunológico), perda de apetite, fadiga, lesões na mucosa da boca, anemia e, o mais conhecido de todos, queda de cabelo.

Em pacientes em que a doença já está em estágio avançado e possui características mais preocupantes, a conduta-padrão é realizar a quimioterapia em conjunto com o tratamento hormonal.

Sabendo o que é quimioterapia e como trata o câncer, qualquer pessoa, quando diagnosticada, pode conversar com o médico a respeito da conduta mais adequada já bem informadas.

Há mais conteúdo sobre os tratamentos para câncer no e-book Guia do Paciente com Câncer, disponível para download gratuito. Informação é a chave para uma vida sem câncer!