Cancerologia Cirúrgica

Cancerologia Cirúrgica

Para pacientes com câncer que precisam realizar sessões frequentes de quimioterapia por via endovenosa há o implante de cateter. A técnica evita a necessidade de realizar punções repetidas nas veias para localizar uma que seja viável para inserção do medicamento no organismo.

O implante permite acesso permanente ao sistema venoso e torna desnecessária a localização de um vaso sanguíneo a cada nova sessão de quimioterapia, facilitando o processo e otimizando o tratamento.

O cateter mais usado nos implantes é o chamado totalmente implantado ou Port-a-Cath, que é colocado cirurgicamente no tórax, abaixo da clavícula, sob a pele, onde permanece até o paciente ser liberado do tratamento para o câncer.