Blog

O que são doenças autoimunes?

Material escrito por:
Clínica Soma
O que são doenças autoimunes?

As doenças autoimunes são caracterizadas pelo sistema imunológico afetado. Ou seja, o sistema imunológico fica desorientado e passa a produzir anticorpos para atacar o próprio organismo.

Ainda não se sabe os motivos por trás do desencadeamento das doenças autoimunes. Por conta disso, torna-se difícil dizer que as doenças autoimunes tem cura, já que não sabemos o que causa essa ocorrência.

São muitos os tipos de doenças autoimunes existentes. Se você está se perguntando quais são elas ou como tratá-las, continue a leitura.

Doenças autoimunes mais comuns

Existem mais de 100 tipos de doenças autoimunes, todas caracterizadas pelo ataque do sistema imune ao próprio organismo. Contudo, algumas doenças são mais conhecidas que outras.

Confira algumas das doenças autoimunes mais comuns.

Psoríase

psoríase é uma doença autoimune que ocorre na pele. Seus sintomas surgem e desaparecem de forma periódica.

De acordo com o Ministério da Saúde, essa doença é caracterizada pela aparição de manchas róseas ou avermelhadas, sendo um dos tipos de doença autoimune na pele mais comuns. Além das manchas vermelhas, os outros sintomas da psoríase são:

  • pequenas manchas brancas ou escuras que surgem depois das lesões;

  • coceira, queimação e dor nas áreas feridas;

  • inchaço e rigidez nas articulações.

Assim como qualquer doença autoimune, a psoríase não possui cura. Contudo, com o tratamento ideal e o diagnóstico precoce, é possível entregar qualidade de vida aos pacientes e controlar esses sintomas.

Lúpus

lúpus é uma doença autoimune de caráter inflamatório, capaz de afetar inúmeros tecidos e órgãos. Além disso, ele pode ser definido de duas formas:

  • lúpus cutâneo, que se dá pela manifestação de manchas na pele e
  • o lúpus sistêmico que afeta os órgãos internos.

É importante ter em mente que os sintomas do lúpus são específicos de cada local onde ele se manifesta. Entretanto, o Ministério da Saúde indica que os sintomas mais comuns dessa doença podem variar entre:

  • lesões de pele caracterizadas por machucados avermelhados no rosto;

  • dor e inchaço muscular e em articulações;

  • inflamação no rim;

  • algumas alterações no sangue;

  • febre;

  • sensibilidade à luz solar;

  • fadiga.

Uma vez que não tem cura, o tratamento para o lúpus consiste no controle dos sintomas, priorizando a qualidade de vida do paciente. O médico irá indicar o melhor tratamento, de forma individualizada para cada pessoa.

Esclerose múltipla

esclerose múltipla é uma doença autoimune neurológica que compromete o sistema nervoso central. Isso acontece porque as células de defesa atacam o sistema e desencadeiam lesões medulares e cerebrais.

Essa doença autoimune acaba por prejudicar funções que vão desde o cérebro até a medula espinhal. Isso ocorre porque as inflamações causadas pelo ataque das celulas afetam os neurônios chamados axônios.

São esses neurônios os responsáveis por levar os impulsos elétricos ao nosso sistema nervoso central e para todo o nosso organismo.

Os sintomas da esclerose múltipla costumam ser:

  • fadiga;

  • problemas no intestino e bexiga;

  • tremor e espasmos;

  • alterações cognitivas e na fala;

  • outras.

É importante destacar que um dos sintomas mais comuns da esclerose múltipla é a imprevisibilidade de surtos. Ou seja, os sintomas vão ficando cada vez mais fortes com a evolução do quadro.

Portanto, uma vez que não existe cura, o tratamento da esclerose múltipla tem apenas dois objetivos: reduzir os sintomas em sua fase aguda e aumentar o intervalo entre esses surtos.

Artrite reumatoide

artrite reumatoide é uma doença autoimune crônica das articulações. Essa doença causa a erosão das cartilagens e ossos e pode causar a deformação e destruição dessas articulações.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, essa doença atinge as mulheres duas vezes mais do que os homens. Além disso, a artrite reumatoide costuma se iniciar entre os 30 e 40 anos e vai piorando com a idade.

Reconhecer os sintomas da artrite reumatoide é de extrema importância para o diagnóstico preciso da doença. São eles:

  • dor, edema e vermelhidão nas articulações do corpo, em especial nos punhos e mãos;

  • comprometimento da coluna lombar e dorsal, além da coluna cervical;

  • rigidez matinal e fadiga nas articulações inflamadas;

  • destruição da cartilagem articular;

  • situações como: deformidades. Principalmente nas articulações periféricas;

  • incapacidade na realização de atividades rotineiras por conta das deformações.

Ministério da Saúde alerta que o diagnóstico precoce faz com que o tratamento seja imediato, tornando possível o controle da doença.

Tratamento para doenças autoimunes

Como você já pôde perceber, não existe cura para as doenças autoimunes. Todos os tratamentos específicos para cada caso visam controlar os sintomas das doenças.

É importante destacar que os tratamentos das doenças autoimunes estão sempre em constante evolução, possibilitando cada vez mais que os pacientes levem uma vida normal e com qualidade.

Portadores de doenças autoimunes estão sempre necessitando de um reforço para o sistema imunológico. Dessa forma, os tratamentos irão ajudar a corrigir as deficiências que o próprio organismo causa.

O tratamento com imunobiológicos costuma ser uma das melhores opções para tratar as doenças autoimunes. Os imunobiológicos irão atuar nos lugares específicos onde ocorrem as inflamações causadas pelas doenças autoimunes.

Dessa forma, altas doses de corticoides serão substituídas pelos medicamentos imunobiológicos. Assim, esse tratamento pode eliminar ou impedir que novas células anormais se desenvolvam, promovendo a qualidade de vida para os pacientes.

Tenha em mente que passar por uma consulta médica e decidir qual a melhor forma de tratamento para o se caso é essencial. Apenas o especialista saberá dizer o que deve ser feito dependendo do tipo de doença e quadro em que o paciente sem encontra.

Quer saber mais sobre doenças autoimunes? Então acesse nosso blog para ler mais conteúdos sobre o assunto. Aproveite e nos siga no Facebook Instagram e fique por dentro de nossas dicas e conteúdos exclusivos sobre doenças autoimunes e oncológicas.

Conteúdos Relacionados