Blog

É possível fazer procedimentos estéticos com câncer?

user
Material escrito por:
esaude@clinicasoma
É possível fazer procedimentos estéticos com câncer?

A autoestima é uma das coisas mais importantes na vida das pessoas, afinal, é ela quem, na maioria das vezes, determina a opinião sobre a imagem que cada um possui de si mesmo. No mundo atual onde a sociedade dita nossa aparência física, ocorrem fatores que podem afetar a forma como cada pessoa se vê, e isso faz com que manter uma boa autoestima seja um pouco mais complicado.

Mas, o que isso tem a ver com o câncer? Receber o diagnóstico do câncer já é doloroso e os tratamentos são capazes de mexer com o paciente, tanto física como emocionalmente. Queda dos cabelos, que é uma consequência da quimioterapia, ganho de peso, inchaço, algumas cicatrizes, são exemplos de fatores que podem influenciar diretamente na autoestima de uma pessoa com câncer.

Os tratamentos causam impactos na vida dessas pessoas, e é por isso que a autoestima é um fator muito importante nesse período. Com toda essa situação, é muito comum que esses pacientes perguntem sobre a possibilidade de fazer procedimentos estéticos, a fim de melhorar a autoestima.

Quais procedimentos podem ser feitos?

O  Instituto Nacional de Câncer (INCA), afirma que muitos especialistas reconhecem que preservar a autoestima é indispensável quando falamos sobre câncer. Portanto, cuidar da aparência pode aumentar a tolerância ao tratamento e até influenciar no resultado terapêutico.

Em uma edição de revista publicada em 2013 pelo INCA, onde esse assunto é abordado, eles dão dicas de algumas medidas sugeridas por dermatologistas e psicólogos com a intenção de reduzir o impacto dos tratamentos na aparência, além de reforçar a autoestima.

Então, se for da vontade do paciente, é de extrema importância que antes de qualquer procedimento estético, ele procure por seu médico para saber as melhores orientações sobre o tema.

Contudo, para todos aqueles que tem a doença, algumas técnicas estéticas podem ser feitas sem maiores problemas, uma vez que não apresentam riscos para o paciente ou interfiram no tratamento. Confira:

  • designer de sobrancelha (hena e técnica para corrigir falhas);

  • higienização facial (realizado com leite de limpeza e loção tônica);

  • hidratação cutânea (realizada com creme neutro);

  • aplicação de protetor solar (para a prevenção do câncer de pele);

Essas são algumas só opções para melhorar a autoestima dos pacientes com câncer durante o tratamento. Afinal, são as pequenas atitudes do dia a dia que são capazes de fazer uma pessoa se sentir mais segura e feliz.

Se sentir bem durante todo esse processo faz toda a diferença para os resultados, então, invista em si mesmo. Use lenços durante a queda capilar, cremes para as peles ressecadas, faça o que for melhor para ajudar na sua autoestima. Encontrar formas de se sentir bonita e confortável durante todo o processo, é uma ótima opção, por isso o acompanhamento psicológico também é muito importante.

Cuidados com a aparência acabam sendo fundamentais para uma boa recuperação, pois quando ocorre um descuido com o próprio corpo, ou quando o paciente deixa de lado aquilo que o faz feliz e satisfeito, pode atrasar consideravelmente a melhoria e os resultados do tratamento. Claro que a prioridade deve ser a sua recuperação, no entanto, é importante não deixar de lado os cuidados estéticos.

Autoaceitação, autoconfiança e autoestima são as motivações necessárias, além da força, que os pacientes precisam para seguir com o tratamento que sabemos ser agressivo e delicado.

A aparência e a imagem, independente de doenças, contribuem para o bem-estar e a saúde mental das pessoas, e deve ser tratado da melhor forma possível.

Quer ficar por dentro de mais dicas e curiosidades como essa? Segue a gente no Facebook Instagram. A Soma está sempre preocupada em trazer os melhores conteúdos para tirar todas as suas dúvidas. Nosso blog está sempre recheado das mais diversas informações para você acessar sempre que quiser.

Conteúdos Relacionados