Blog

Quando procurar um oncologista?

user
Material escrito por:
esaude@clinicasoma
Quando procurar um oncologista?

oncologia é uma área da medicina dedicada ao tratamento de tumores e câncer. Mas você sabe quando procurar um oncologista?

Antes de mais nada, é muito importante entender que o câncer engloba mais de 100 tipos diferentes de doenças malignas, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA). Essas doenças são caracterizadas pelo crescimento desordenado de células, que têm o poder invadir outros tecidos e órgãos.

Portanto, é papel do oncologista identificar o grau e da doença e abordar os tratamentos necessários para cada tipo de câncer.

Tenha em mente que a oncologia clínica vai agir desde a assistência ao paciente até o tratamento do câncer. O oncologista irá atuar junto de uma equipe multidisciplinar (com nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e outros) para que o paciente oncológico seja cuidado em todos os âmbitos da vida.

No geral, o oncologista é fundamental quando falamos sobre câncer e seu tratamento. Afinal, ele estará presente em todas as etapas da doença.

Quando consultar um oncologista?

É importante destacar que, quando um paciente procura um oncologista, ele já esta ciente de sua condição. Ou seja, já tem o diagnóstico do câncer. Nesse caso, o profissional apenas toma as medidas necessárias para começar o tratamento.

De acordo com o ABC do câncer do Ministério da Saúde, o câncer surge em qualquer lugar do corpo, podendo afetar alguns órgãos mais que outros, assim como ser mais ou então menos agressivo. Além disso, o tipo de câncer só será classificado após a localização do tumor, como câncer de mama ou câncer de próstata.

Por esse motivo, é importante destacar que os sintomas podem ser bem diferentes para cada tipo de câncer. No entanto, existem alguns sinais de alerta para procurar um oncologista.

Os sintomas costumam ser:

  • sinais e lesões na pele com formatos irregulares e que podem mudar com o tempo, como a tonalidade e elevação;

  • feridas que não cicatrizam;

  • sangramento vaginal (fora do período menstrual);

  • perda de peso sem motivo aparente;

  • aumento ou redução das idas ao banheiro.

É importante ter em mente que só apresentar algum desses sintomas não quer dizer que você está com câncer. Contudo, é indicado ir ao médico para investigar esses sinais.

Caso um tipo de câncer seja detectado, o oncologista irá pedir diferentes tipos de exames de acordo com as necessidades daquele paciente. Ele também indicará quais as melhores formas de tratamento, que costumam ser quimioterapia e radioterapia. Então, dependendo do tipo de câncer, outros tipos de tratamentos oncológicos podem ser indicados.

Oncologista e a prevenção do câncer

De acordo com o INCA e o Ministério da Saúde, cerca de 40% das mortes por câncer poderiam ser evitadas. Isso porque existem alguns fatores mutáveis que contribuem para o desenvolvimento do câncer, como:

  • consumo excessivo de álcool;

  • obesidade;

  • alimentação inadequada;

  • falta de atividade física;

  • tabagismo;

  • exposição a determinados tipos de substâncias e ambientes.

Portanto, a prevenção do câncer vai depender das medidas que a pessoa pode tomar para reduzir ou até mesmo evitar as exposições a esses fatores de risco modificáveis.

Tendo isso em mente, o oncologista também atua na prevenção da doença. Ele ajuda na divulgação das medidas de prevenção necessárias e da importância da detecção precoce do câncer.

É muito importante destacar que o diagnóstico precoce do câncer é primordial. Portanto, também é papel do oncologista instruir ações de prevenção.

Segundo o guia sobre a Detecção Precoce do Câncer, criado pelo Ministério da Saúde, as duas formas de prevenção da doença é

  • rastreamento de lesões pré-cancerígenas, que envolvem os exames de rotina;
  • diagnóstico precoce, cujo principal objetivo é identificar o câncer em seu estágio inicial.

Lembre-se que, quanto mais cedo o câncer é diagnosticado e tratado, maiores serão a qualidade de vida e as possibilidades de cura do paciente.

Gostou do artigo? Então acesse o nosso blog e confira mais conteúdos sobre prevenção e tratamento do câncer. Aproveite e nos siga no Facebook Instagram para acompanhar nossas novidades em primeira mão.

Conteúdos Relacionados